Thank You for Supporting Luci!

Obrigado por apoiar Luci 

Keep Daniel's memory alive: Tell us a history about  him :-)
Mantenha a memória de Daniel viva: Conte-nos uma história sobre ele :-)

Espalhe a notícia e traga mais apoiadores!

Tell us your story about Daniel

Conte sua história sobre Daniel

Let your testimonial here / Deixe seu depoimento aqui

See other testimonials / Veja outros depoimentos

profile-pic

Conheci Daniel num convênio entre o Banco do Brasil, a IBM e a UnB. Trabalhávamos com tecnologias assistivas, para facilitar o trabalho de cegos e surdos no BB. Foi lá, em 2003, que aconteceu um célebre episódio que Daniel gostava muito de citar em suas paletras, e que deu origem ao software Rybená. Ele contava essa história assim: "Estávamos trabalhando quando uma programadora cega, a Fernanda, e um programador surdo, o Clésio, um dia se chocaram no corredor e caíram no chão. O Clésio fez o sinal de “desculpe” em LIBRAS, que a Fernanda não viu por ser cega, e a Fernanda pediu desculpas, que o Clésio não ouviu por ser surdo. Ou seja, os dois não conseguiram se comunicar numa simples situação cotidiana."

Renato Maletta ,
profile-pic

While I only knew Daniel for a few years, his passion was infectious and his will to achieve didn't have any boundaries. He once invited me to his office at the University of Kent for a coffee and a "quick 30 min chat" about Java User Groups - Of course, I accepted and we sat down and chatted for hours! He will be dearly missed by those who knew him and by the Java community. I wish Lucy all my best wishes at such at incredibly tough time, and would gladly contribute to help her. If it is their wishes to have his funeral in the UK and open to friends, please share details.

Simon Maple ,
profile-pic

I didn't know Daniel well, but right from the first time I met him, his drive and passion and desire to help others and build his community were obvious. He spoke with real fire in his eyes, and we must make sure that his commitment and legacy live on.

Ben Evans ,
profile-pic

Daniel de Oliveira levou a "Transformação pela Educação" e a formação de Comunidades Java como lema de sua vida pessoal e profissional, sempre ao lado de sua super Esposa Luci. O Java influenciou positivamente nossas vidas profissionais e ele levou isso a muitos jovens pelo Brasil e pelo Mundo. Daniel foi uma pessoa e profissional muito importante na formação dos JUGs - Grupos de Usuário Java no Brasil com o DFJUG e no Mundo. Com sua liderança e seu exemplo, diversas sementes foram plantavas e cultivadas durante a sua caminhada ... Que sejamos seguidores e capazes de usar esse exemplo de dedicação e transformação em várias árvores que gerem muitos frutos ... Na Inglaterra, onde estava trabalhando num Estudo sobre a Formação de Comunidades, veio a Óbito por ataque cardíaco súbito no dia 01 de Novembro de 2016. Um novo anjo e guardião dos Programadores está no céu, servindo ao Senhor.

Fernando M. Lemos ,
profile-pic

Daniel foi um grande Professor. Sempre nós apresentava instruções, conselhos e nos instigava a melhorar nosso trabalho Ele sabia escutar, propor melhorias e principalmente reconhecer quando ele mesmo precisava melhorar.

Nós ultimos dois anos tornou-se minha rotina trocar e-mails e trabalhar sob sua orientação nas atividades da iniciativa GreenFootBr. Sentirei muita saudades de convesar com uma pessoa que sempre colaborou para minha evolução profissional e também humana. Esteja bem meu professor, esteja bem meu amigo. Sentiremos sua falta, mas faremos de tudo para engrandecer sua memória. Um forte Abraço.

---

Daniel was a great teacher. Always gave to us new instructions and advices to improve our work. He knew how to listen and propose improvements and better yet ... He knew recognize when him self needed to improve.

In the last two years I worked under his guidance with GreenfootBr and we goal amazing results. I will miss to talk with a person who always contributed to my professional and human improviment. Be well my teacher and my friend. We'll miss you a lot, but we will do everything to enhance your memory. A big hug.

Jhonatan Morais ,
profile-pic

Não conheci o Daniel, mas o papel da incrível comunidade Java brasileira em minha vida profissional e pessoal foi determinante. Não duvido que ter conseguido chegar onde estou teve tudo a ver com o trabalho realizado por ele. O acontecido também vai me fazer rever algumas prioridades - o que a Luci está enfrentando agora poderia de repente ser a história de muitas famílias de desenvolvedores por aí, é importante se preparar, deixar um plano. Obrigado Luci, por todo seu amor pelo Daniel.

André Ricardo Barreto de Oliveira ,
profile-pic

I've had the chance to long and insightful conversations with Daniel on building communities and the similarities and difference of especially the JUGS in the early days. His legacy must live on :)

Totto ,
profile-pic

Conheci o Daniel quando me mudei para Brasília e de pronto já percebi o grande entusiasmo do Daniel para que mais desenvolvedores participassem de discussões de tecnologia, aprendizado em uma época que o principal divulgador de informações era a lista de e-mail e palestras, Daniel sempre estimulando palestrantes brasileiros e internacionais para divulgação de tecnologia, participei de diversos eventos que ele organizou como Maratona 4 Java, Java x .Net, etc. Sua paixão pela tecnologia o levou tão longe que inspiraram outras pessoas. Muita força aos familiares neste momento. Um grande abraço.

Claudio Miranda ,
profile-pic

Didn't have the pleasure to meet Daniel, but as a member of the Java community, I am very grateful for his tireless work on building the community and spreading the Java gospel. Luci, my thoughts are with you.

Rafael Chaves ,
profile-pic

Conheci Daniel no JavaOne 2005 e depois convidei-o por duas vezes a Salvador para palestrar em eventos. Daniel conhece muito sobre comunidades e me deu muitas dicas para o JavaBahia. Por causa dele consegui duas vezes o ingresso sem custo para o JavaOne, fui como membro da imprensa blogando sobre o evento no blog (que eu nem tinha!) no JavaBahia. Em várias idas a Brasília, estive com ele e sua esposa em conversas deliciosas.

Escrevi esse texto em homenagem ao meu grande amigo: http://javabahia.blogspot.com.br/2016/11/vamos-nos-tornar-invenciveis.html

Saudades.

Lu, muita força e fé pra você. A memória de Daniel e a obra dele estão vivos.

Serge Rehem ,
profile-pic

I only met Daniel virtually switching few emails and tweets around JUGs subjects. But, as I'm a JUG leader I can say how it was important his work and his legacy to all of us. My sincere feelings to Lucy and all his relatives and I hope his legacy can continue helping others as helped myself. Life long and prosper to his legacy !

Rodirog Cândido da Silva ,
profile-pic

I meet with Daniel on a Java event in Feira de Santana Bahia. That was a amazing day I could know how that man loves Java and help people to love too. In my case a largest initiative of Daniel was JEDI. I took a lof of courses about Java and sofware emginner there. At that time I started a love with Java, due to all the material on the webpage I could see how easy and amazing the language is. Today I am work with automation test and for automate I use Java and I still keep my love for this outstanding language. When I started at JEDI it was about 2007 and I got completely glad to see how easy and didactic it it. That is all peer now I really hope so much peace for Luci and Gob bless her and Daniel on the sky.

Lucilia de Oliveira ,
profile-pic

Luci my heart is with you at this difficult time. I did not know Daniel, but I feel like I am getting to know him through all the wonderful things I've seen written about him on the Java Champions mailing list.

Cassandra Clark ,
profile-pic

Não conheço Daniel, nem Luci, mas reconheço a importância de quem colabora com tanta dedicação e paixão para o desenvolvimento de alguma área de conhecimento. Obrigado Daniel, mesmo não sendo um beneficiário direto, e força Luci para suportar esse momento. Deus abençoe você nessa jornada.

Antonio Lazaro Carvalho Borges ,
profile-pic

Daniel helped me with his jug research to do my daily job better. He's been amazing and I'm glad to have known him.

Markus Eisele ,
profile-pic

Conheci Daniel em 2001 em companhia de Bruno de Souza quando eu trabalhava na Summa. Depois me mudei para os EUA. De volta a Brasília, tive depois a oportunidade de fazer duas palestras no DFJUG. Daniel é um grande orgulho para Brasília. Somos um país de poucos heróis e muitos anti-heróis, o que torna mais difícil e provável que se encontre pessoas como Daniel, um herói. Ele tinha a energia, motivação e generosidade para criar tantas coisas boas para uma comunidade pela qual era apaixonado. Muitos devem a carreira profissional a iniciativas dele.

Paulo Merson ,
profile-pic

Participo da comunidade que o Daniel há mais de 10 anos. Além de me ajudar numa colocação profissional melhor no mercado, ele era um exemplo de motivação e simplicidade.

Comecei a contribuir com o DFJUG como forma de agradecimento a partir da metade desse ano e estava ultimamente me reunindo e trocando emails sobre muitos planos que teríamos daqui pra frente. Quando recebi a notícia fiquei em choque. Tínhamos tantos planos e uma grande quantidade de tarefas que estávamos botando em prática.

Desejo muita força para a família e apesar de ser novo na coordenação do DFJUG, irei dedicar cada vez mais como forma de prestar homenagem à essa grande pessoa e que ele possa se sentir orgulhoso onde quer que esteja.

I'm acting in the Daniel's community for over 10 years. Besides helping me get a better placement on the market, Daniel was an example of motivation and simplicity.

I started to contribute to DFJUG as a way to give back what I received, since the middle of this year. Recently we were exchanging emails about many plans that we would pursue from now on. When I receveid the news, I was shocked. We had so many plans and were putting so may things in practice.

I wish a lot of strength to the family and despite being new in coordinating of DFJUG, I'll dedicate more and more as a way to pay tribute to this great person so he can be proud wherever he is.

Leonardo Segala ,
profile-pic

Tinha já iniciado minha carreira de escritor e comecei a abordar o assunto "Java" no meu livro de JDBC, recebi um e-mail inusitado de um tal Daniel deOliveira me convidando para dar uma palestra para o DFJUG, um grupo de usuários Java de Brasília. Me encontrei com ele para combinar os detalhes da palestra em um evento no auditório do SERPRO. Me apresentei e conheci o Daniel e naquele momento nos tornamos amigos e acabei participando mais dos movimentos associados a Java. Daniel era uma pessoa fácil de conviver, sempre colocava desafios a serem vencidos, mas nos desafiava na medida das nossas possibilidades sabia a carga que cada um conseguiria carregar. Graças a sua perseverança o DFJUG se tornou do grupo de poucas pessoas para algo grandioso, e ele já poderia se dar por satisfeito, mas queria muito mais. Sempre conversava em unir o Brasil sobre uma bandeira única do Java e para isso conversava e apoiava todos os outros grupos, pouco importava se eram grandes ou pequenos. Sua meta era sempre duas: Unir e Ensinar. Dava total apoio para quem quer que fosse. Não existia desafio que não pudesse ser superado. Assim foi criado o Rybená ou o JEDI. Assim nasceram a Maratona Java e o Kwarup. O DFJUG nasceu de pessoas que apenas desejavam obter a certificação, era só isso, um simples grupos de amigos que resolveram estudar juntos. Daniel sempre me dizia: "não adianta o DFJUG ser grande se o CEJUG, RIOJUG, ou qualquer outro JUG não tiver o mesmo tamanho", seu sonho era permitir que qualquer pessoa pudesse aprender a linguagem Java e que tivesse acesso a isso (iniciativas de apoio ao GreenFoot mostram muito bem isso). "Se alguém deseja algo deve ter meios para obtê-lo".

Fernando Anselmo ,

Tell us your history about Daniel deOliveira

Espalhe a notícia e traga mais apoiadores!